O Clube da Flor de Lis Chefe Zdzislaw Woloszyn foi fundado oficialmente em 02 de Novembro de 2011 com o objetivo de permitir que qualquer pessoa possa contribuir de alguma maneira com o trabalho feito junto aos jovens e comunidade. Seus membros possuem uma característica em comum: desejam pertencer à Família GESP e contribuir, mesmo à distância, para que o Grupo atenda a um número cada vez maior de jovens, possibilitando que eles aproveitem ao máximo todas as experiências que o Escotismo tem a oferecer.

O nome do Clube é uma homenagem ao querido Chefe Wolosyn, falecido poucos dias após o evento de fundação do clube. Chefe Woloszyn teve uma trajetória brilhante no movimento escoteiro, iniciada em sua terra natal (Polônia) de onde mudou-se para o Brasil no período da 2º Guerra Mundial.

 
Associado a União dos Escoteiros do Brasil desde 1945, ajudou a criar o Grupo Escoteiro “Águia Branca - Orzel Bialy” que funcionou durante as décadas de 60-70 junto a  comunidade Polonesa.
Além de ajudar tantos outros grupos teve forte ligação com o 1º Grupo Escoteiro São Paulo de onde foi Diretor Presidente durante muitos anos no início da década de 90. Nos últimos anos mesmo distante da capital, continuou sendo  frequentemente visitado e homenageado por diversos grupos escoteiros, fato que reforça ainda mais o carinho sentido por todos. Felizes as pessoas que tiveram o prazer de desfrutar de um final de semana ou a um almoço junto a ele na simpática cidade de Águas de São Pedro, escutando grandes histórias sobre o escotismo, a vida e desfrutando de uma momento tão especial junto ao nosso Chefe e sua acolhedora família.
 
Entre tantos trabalhos também cooperou com a tradução e escreveu o prefácio da edição Brasileira do livro “Heróis Escoteiros”  de autoria de Stanislaw Broniewshi  que narra a saga dos Escoteiros poloneses durante a ocupação nazista e comunista:
“Viver o Escotismo na sua elevada dimensão de serviço ao próximo, conforme a Lei e a Promessa Escoteira, comprovando assim o valor desse Movimento para a sociedade na formação do caráter e do espírito de cidadania dos jovens".
 
Entre várias condecorações e homenagens recebidas tantos dos Escoteiros do Brasil quanto da Polônia , estão a Medalha Tapir de Prata, recompensa honorífica de mais alto mérito escoteiro no Brasil e o Lenço Branco do  1º Grupo Escoteiro São Paulo , homenagem concedida em vida apenas a quatro personagens importantes da história desse grupo.

Gostou? Então compartilhe!