armando lorena

 

Armando Lorena teve seu primeiro contato com nossa associação como pai de escoteiros e lobinhos por volta de 1930.

Muito admirável por todos, durante o tempo que ocupou a Presidência da nossa associação promoveu com sua personalidade cativante a comunicação fácil e precisa, um desenvolvimento notável e grande projeção perante a sociedade paulista.

Com Malempré, formou uma dupla excelente, completando-se um ao outro.

Datam de sua gestão acontecimentos notáveis, cujo melhor exemplo tivemos na Revolução de 1932, quando seus trabalhos escritos possibilitaram penetração ainda melhor no coração dos Paulistas.

Desse período foi também a sede da Associação. Escoteiros São Paulo no centro da cidade, a Rua São Bento. Cedida durante muitos anos pelo Condo Lara, foi uma contribuição valiosa para as reuniões escoteiras. Esta, mantida com esmero por Ribeiro Branco, foi a responsável pela apresentação elegante dos nossos escoteiros.


 

Gostou? Então compartilhe!